hoje é o primeiro dia do resto na nossa vida

Está decidido. E isso é o mais importante. Tomar uma decisão, levantar a cabeça e não olhar para trás. Deixar de pensar nos "ses", nos "talvez" e passar à acção.
Pensamos durante muito tempo no que fazer da nossa vida. Hoje ficou decidida:
Trabalhamos juntos, no nosso gabinete. Estamos a construir a nossa vida juntos, em todos os sentidos.
Não importa o meio para chegar a este fim. Decidimos assim e está decidido, mas sabe sempre bem saber que gostaram do meu trabalho e queriam que continuasse onde estava, mesmo que para tal me tenham feito uma proposta em termos "práticos" pouco aliciante...mas num período destes é sempre bom saber que temos uma porta onde ir bater.

3 comentários:

bacouca disse...

Brava Ragazza,
É assim mesmo!Às vezes temos que dar um passo em frente e pomo-nos com "se", "talvez", e não saimos do sitío! E tu ainda por cima já mostraste que tens "pernas" para dar esse passo!
Por cá todos con"corda"mos e se for preciso estamos aqui para dar "corda"heheheh.
E assim, tu e o Pi, e uma vez mais juntos, vão testar até tão longe podem ir.
Mil beijos pela audácia, determinação e por não te deixares "vender" pelo vil metal que eles queriam: se for preciso pequenos sacrifícios fazem-no mas nunca para benefício de terceiros e exploradores!

Anónimo disse...

Ritinha,
Viver no Mundo dos talvez e dos ses é muito angustiante. Mais vale viver no Mundo do sim ou não. Pelo menos sabemos qual o caminho a seguir, quais as ferramentas que temos, etc.
Todos esperamos que tudo corra bem. Uma certeza temos: estás bem preparada profissionalmente; tens princípios e uma ética inabalável; és teimosa que nem uma "mula"; e tens à tua volta pessoas que gostam muito de ti.
Boa sorte e muito trabalho.
João

Balancinha disse...

Minha querida:

Estava em falta um comentário há já muito tempo.. Mas como sabes a minha vida tem andando agitada... Agora tudo mais calmo, rotina mais estabelecida, há sempre um bocadinho para espreitar este cantinho que talvez eu também tenha ajudado a fundar...
Quanto a este grande passo, sabes que te desejo toda a sorte do mundo (porque o talento e o espírito trabalhador já o tens), espero daqui a uns anos ter-te a construir a minha casa!

Miss you so much*