e já em Itália

Chegamos a Itália com duas horas e meia de atraso, perdemos o comboio para Foligno, tivemos que ficar a dormir em Roma e só hoje de manhã viemos para casa.
Foi muito cansativo, mas pelo menos o Pi teve direito a mais um dia de férias e esteve aqui comigo!
Foi muito bom estar em Viana, rever todos, mas tenho a sensação que estive com todos e com ninguém ao mesmo tempo. Tinha a cabeça longe...No inicio desta nova fase...Ou talvez fosse só confusão de emigrante que volta a casa e tem tanto e nada para contar...
No final das contas, revi cASA dia 12 de Agosto e cheguei a Casa dia 26 do mesmo mês...

1 comentário:

bacouca disse...

A mim soube-me a tanto, tanto que portanto...soube-me a pouco!

Vou deixar 2 conselhos:
-1º a cabeça tem que estar onde estamos (cabeça para um lado, tronco para o outro e ainda pernas separadas só por malabarismo:);
-2ºemigrante não és! Escolheste ir para aí pelo Pi e fizeste muito bem! Contaste muito e se não mais disseste era porque não tinha interesse. Concerteza ao chegar a Itália, à tua outra casa, acontece o mesmo ou não?.
Passou depressa? Claro que sim mas é bom sinal e depressa irá acontecer o nosso reencontro!
Mil beijos da que te adora BACOUCA(oh bacoucinha quem sai aos seus não degenera!!!)