"A Gente Vai Continuar" *

Tira a mão do queixo, não penses mais nisso
O que lá vai já deu o que tinha a dar
Quem ganhou, ganhou e usou-se disso
Quem perdeu há-de ter mais cartas para dar
E enquanto alguns fazem figura
Outros sucumbem à batota
Chega aonde tu quiseres
Mas goza bem a tua rota
Enquanto houver estrada para andar
A gente vai continuar
Enquanto houver estrada para andar
Enquanto houver ventos e mar
A gente não vai parar
Enquanto houver ventos e mar
Todos nós pagamos por tudo o que usamos
O sistema é antigo e não poupa ninguém, não
Somos todos escravos do que precisamos
Reduz as necessidades se queres passar bem
Que a dependência é uma besta
Que dá cabo do desejo
E a liberdade é uma maluca
Que sabe quanto vale um beijo
*Jorge Palma
...é exactamente assim que me sinto neste dois últimos dias...
Ou melhor, é assim que me sinto depois de pensar bem, de lavar a alma da desilusão quando um chefe muito mal educado me faltou gravemente ao respeito porque eu, colaboradora respeitosa e profissional, o fiz ficar classificado em 5° num concurso internacional e apresentar-se na Expo de Xangai com o projecto que lhe desenvolvi. Alias, que concebi e desenhei integralmente e sozinha...
Mal tratada porque, segundo ele, eu lhe devia ter dito quem eram os juris do concurso, e não lhe tendo dado a possibilidade de telefonar ao "amiguinho" juri, não ficamos entre os 3 primeiros.
Mas repare-se bem: sem cunha, entre 64 participantes, chegamos em 5°, seremos expostos aos olhos do Mundo...
No entanto, isso não é de valorizar...'bora masé ultrapassar todos os limites do respeito, porque a educação e a etoca profissional já foi superada há muito, e massacrar esta menina arquitecta que fez em 4 meses por este gabinete o que jamais, em tantos anos, alguém fez, porque não me levou à corrupção, e não a corrompemos...
Por isso...
Quem ganhou usou-se disso e quem perdeu, tem mais cartas para dar e eu, de hoje em diante, darei-as só por mim, por nos, CCA.

4 comentários:

bacouca disse...

Amanhã e já dentro do assunto, comento isto! Requer muita prosa mas entretanto HÁ SINAIS,,, NÃO COINCIDÊNCIAS, aprosa do Fernando Pessoa e que escolhi vem "tiro e queda". A BACOUCA mesmo longe, perssente...hi,hi,hi,!
Adoro-te. Mil beijos

di disse...

Tenho muito orgulho em ti.

bacouca disse...

A minha picolina só demonstra que de picolina só tem a altura(não é verdade que os perfumes raros guardam-se em frascos pequenos?!), pois de profissionalismo, etica, bom senso e educação é uma MULHER!
Infelizmente temos que conviver com todo o tipo de pessoas e são, por ironia do destino, essas pessoas com princípios, sentimentos, educação tão baixos, que nos dão uma "sacudidela" e nos ajudam a "crescer" e a saber, cada vez mais, o que vale e o que não interessa para o nosso dia a dia, para a nossa vida!
Pedras? Guarda-as todas pois vais construir um castelo! Um castelo lindo de fortaleza, convicção, sabedoria e um grande valor pela vida e por tudo de bom que ela te dará!
Bem haja minha querida, pelo teu exemplo, que traduz discernimento e convicção, ao saberes gerir esse momento desagradável.
Um grande beijo da BACOUCA, que se orgulha e te adora!

Anónimo disse...

O poema é lindo, (por momentos pensei q fosse pra mim!)...
Quanto ao resto,como já te disse, há pessoas que não valem sequer a perda de um segundo do nosso tempo... Infelizmente foste criada com valores e princípios e estes contactos (que parecem de outro mundo!) vão ser sempre choques, mas feliz ou infelizmente uma pessoa vai-se habituando...
Não ligues a frustrados, maleducados. Sabes o valor que tens. E eu também.
Adoro.te

Bacci*
Maria