Será que posso ser devolvida?

Não saio de casa há 5 dias.
Minto. Saí duas vezes de casa. Uma para ir ao médico de família na sexta que me disse que devia ter um vírus gastro-intestinal e para continuar a ben-u-ron e que no ouvido do qual me queixava não via nada, e sábado, para ir ao centro de saúde porque durante a noite não dormi nada com dores de ouvido "saudável". Afinal tenho otite e ninguém sabia! Agora espera-me uma semana de antibiótico E ben-u-ron...
Das duas uma: ou me estão a ir todas as doenças de uma vez só, todas aquelas que nunca tive (é a primeira vez que tenho otite na minha vida, ou pelo menos que me lembre e acho que dores como tive ontem são difíceis de esqueçer...) e aquelas que já não tinha há muitos anos (já que a última vez que estive tantos dias seguidos fechada em casa foi no Inverno de 2002...) ou então é a mãe natureza a comunicar que sou um vírus andante e que devo ser devolvida!...
Claro que tenho sido muito bem tratada. Corro até o risco de nunca mais me curar de tão "melada" que me deixam. Mas a verdade é que quando se está doente não há nada como os aconchegos na cama da mãe e as bebidas milagrosas do pai!...

1 comentário:

bacouca disse...

E eu que até consegui sentir o cheirinho a flor e ver a cabeleira linda sob a minha almofada...quando soube que estavas doente! Mãe e filha para tudo e para sempre! O Vabenne preparava um chã com pólen de abelha e tudo isso desaparecia rápido.
Mas no fundo és uma sortuda pois aí também te melam!!!Caraças enfeitiças!!!
E esses virus só quizeram saber com quem estavam a lidar:minhota de gema chega para virus italiano!
Milles